Marias da Luz

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Marias da Luz

A Cia de Teatro As Graças (formada pelas atrizes Daniela Schitini, Eliana Bolanho, Juliana Gontijo e Vera Abbud), em atividade desde 1995, estreia o espetáculo ‘Marias da Luz’ – a décima quarta criação coletiva do grupo -, dia 15 de junho, às 16 horas, no Parque da Luz (Rua Ribeiro de Lima, 99 / Praça da Luz, s/n – Bom Retiro).

O Parque da Luz, primeiro da cidade de São Paulo, fundado em 1798 – local base com seus habitantes para o desenvolvimento da pesquisa da Cia — servirá de cenário para compor o universo poético das quatro personagens de ‘Marias da Luz’. Maria Pequena (Eliana Bolanho), Mariana (Daniela Schitini) e Marivânia (Juliana Gontijo) que contam fragmentos das histórias de suas vidas e a fotógrafa Marileide/Biguá (Vera Abbud).

Marivânia é mãe, uma mulher que procura a filha Maria, desaparecida no Parque da Luz há muitos anos; Mariana (Daniela Schitini) é uma mulher jovem dos anos 1910, que chega à Estação da Luz para encontrar o noivo que a abandona grávida; e Maria Pequena (Eliana Bolanho), uma mulher que trabalha como prostituta no parque, abandonada na infância pela mãe na antiga rodoviária e Marileide/Biguá (Vera Abbud), fotógrafa, uma personagem atemporal, enigmática e cômica que registra e interage com as histórias dessas mulheres.

O tradicional ônibus-palco, marca do projeto As Graças Circular Teatro-Do Parque da Luz para o Brasil, ajudará a contar a história, mas nesta montagem, dará lugar à Casa de Chá, ao Ponto do Bonde, ao Coreto e ao Roseiral, pontos que são o palco e que serão percorridos pelo público, acompanhado pelas atrizes, neste trajeto poético em que acontecem as cenas.

A escolha do nome ‘Marias da Luz’ deu-se pelo fato de grande parte das mulheres entrevistadas durante o recolhimento de depoimentos se chamarem Maria ou de terem alguém próximo e que faziam parte de suas histórias com o nome de Maria.

Desde sua fundação a Cia As Graças convida, a cada espetáculo, um diretor de teatro para participar das criações de seus espetáculos. Nomes como Ednaldo Freire, Vânia Terra, Kleber Montanheiro, Regina Galdino, Marco Antonio Rodrigues, Vivien Buckup, Cris Lozano, Cibele Forjaz, Cristiane Paoli Quito, Leris Colombaioni, já dirigiram peças do repertório da As Graças.

Em Marias da Luz a direção é de André Carreira – estudioso e diretor de teatro que tem como proposta de seu trabalho o teatro de invasão – a cidade como dramaturgia. Formado em artes plásticas pela UNB, e doutor pela Universidad de Buenos Aires. Leciona no Programa de Pós-Graduação em Teatro (Mestrado/Doutorado) da Universidade do Estado de Santa Catarina. Em 2007, Carreira lançou o livro Teatro de Rua: uma paixão no asfalto.

http://df.divirtasemais.com.br/app/noticia/programe-se/2013/07/26/noticia_programese,143275/quatro-personagens-dividem-a-cena-no-espetaculo-marias-da-luz.shtml

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.